Compartilhar

Se aprovado, o Ministério da Economia poderá emitir um decreto concedendo aumento de prazo ao setor do turismo por pelo menos 180 dias

Na última quarta-feira (10), vinte entidades atuantes no turismo se reuniram no pedido da prorrogação da MP 936, que colabora com a manutenção dos empregos e sobrevivência do setor em meio à crise da covide-19.

ofício foi enviado aos senadores, em especial, a Vanderlan Cardoso, relator da Medida Provisória 936. O objetivo era explicitar a urgência da votação ainda na quarta-feira (10). Se for votado sem alteração, o texto será encaminhado para sanção presidencial. Dessa maneira, o Ministério da Economia poderá emitir o decreto concedendo aumento de prazo ao setor do turismo por pelo menos 180 dias.

Assinaram o documento as seguintes entidades:  ABAV Nacional, Abeoc, ABIH, Abracorp, Adibra, Adit Brasil, Air Tkt, Abrape, Aviesp, Avirrp, Braztoa, BLTA, Clia, FBHA, Fohb, Resorts Brasil, Sindepat, Sindiprom, Ubrafe e Unedestinos.

Fonte: Brasilturis

Deixe uma resposta

Compartilhar