Compartilhar

Em defesa de cerca de 80 mil empregos que podem ser perdidos no país, após a Compra Direta de Passagens Aéreas pela Central de Compras do Ministério da Economia.

O Governo Federal “dispensou” as agências de viagem, afim de gerar uma falsa economia nos gastos. Segundo o Governo Federal foi economizado 2,65% nas compras de passagens aéreas, mas, através do site Painel de Viagens é possível visualizar a falta de transparência do Governo Federal. Entre 30% e 40% dos bilhetes estão com STATUS em ANDAMENTO ou NOSHOW, algumas há mais de 03 de anos, ou seja, um grande prejuízo foi gerado (sem reembolso) para os compradores dos bilhetes.

Os agentes de viagem exercem um papel técnico, administrativo, fiscal e comercial muito importante afim de gerar uma experiência personalizada (sem prejuízo) entre a companhia aérea e o comprador.

Viagem é com Agente de Viagens!

Veja as tabelas disponíveis: dados.gov.br/dataset/viagens-a-servico-do-governo-federal-scdp

#comprasdiretasdepassagemnao #centraldecomprasnao #somosdfturismo

Deixe uma resposta

Compartilhar